Mas engenharia física dá dinheiro?

Se você faz essa pergunta, muito provavelmente a resposta é um “não” com “N” maiúsculo. Eu tenho dó de quem escolhe o futuro profissional baseado nessa pergunta. Talvez existir ou não empregos disponíveis seja até uma questão pertinente a ser levantada, mas “dar dinheiro” é uma pergunta bem chucra.

É engraçado como o papel da universidade tem cada dia mais se tornado fazer o indivíduo estar numa posição social/econômica superior ao resto da população. Exemplo disso é médicos e advogados que se fazem questão de ser chamados de “doutor” (porra, vocês dificilmente tem um doutorado, e todo mundo sabe disso, e mesmo que tenha, foda-se). Ninguém é melhor que ninguém por ter um diploma embaixo do braço. Principalmente que muitas vezes você ralou muito menos pra conseguir esse diploma passando com um décimo de ponto acima da média que um gari que acorda de madrugada todo dia pra deixar a calçada por onde você passa limpa. E eu não vou nem entrar no mérito do ensino nas universidades, que já escrevi demais sobre isso nos últimos textos.

É passado a época que a universidade reunia pessoas “intelectuais”, que estavam lá pura e simplesmente para adquirir conhecimento, por gostar daquilo. Hoje em dia, e isso fica muito claro em engenharia, universidade é só um sofrimento cheio de reprovações que você precisa passar pra poder exercer um cargo, se não o setor de recursos humanos não te coloca dentro do processo seletivo. E o pior: isso não se limita só à graduação.

Na minha singela opinião, se você vai escolher sua carreira baseado no quanto de dinheiro você vai ganhar, pode ter certeza que nunca vai ser tão reconhecido quanto alguém que escolheu aquilo por ser um sonho de vida. E digo mais, o mundo seria melhor sem pessoas como você.

Sobre engenharia física: Se dá dinheiro ou não, eu não faço nem ideia. Eu gosto do que faço, e faço pelo conhecimento. Não faço pra conseguir nenhum cargo (até porque se fosse pra isso eu fazia uma daquelas engenharias chatas que chove vaga em processo seletivo), não faço pelo quanto eu vou ganhar. E se você não faz a mesma coisa, mas faz questão de falar por aí que passou no vestibular da USP, que tem que “estudar muito” e que acha que é superior porque vai ser “engenheiro”, espero que se arrependa logo da sua escolha, antes que seja velho demais pra isso.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s